Sessões quinzenais na 1º e 3° terças-feiras do mês . ' . Rito de York . ' . [email protected]

A Maçonaria

O que é Maçonaria?

A Ordem regular dos Maçons Livres e Aceitos é uma Irmandade Internacional formada somente por homens que se auto consideram livres e de bons costumes e que opera preservando segredos que os identifica entre si. Todavia a instituição se organiza de forma discreta através de uma ideologia que possui ritos e  rituais próprios, muito antigos, baseados no simbolismo e em alegorias públicas. Vale frisar que é aberta a homens de todas as religiões. Para fazer parte dela as premissas básicas são que o  indivíduo não deve ser ateu e deve possuir um determinado perfil humano, além de obrigatoriamente ser convidado por um Mestre Maçom regular e passar por uma aprovação interna dos demais irmãos que compõem a Ordem.

masonic-square-and-compasses-ea-pewter-fossil-bluff-1000x1000
annuit coeptis

Muito se especula sob a Maçonaria ser uma religião ou uma seita. A diferença entre religião e seita, é assunto especifico e controverso pois a definição de uma ou de outra, na maioria das vezes passa pela perspectiva e ponto de vista de quem analisa e juga o mérito de classificação de uma ou outra organização de pessoas.

Porém, o fato é que podemos descartar a Maçonaria como sendo uma religião ou seita porque embora ela seja uma organização de pessoas que congregam uma mesma ideologia, uma ideologia necessita de 3 pré-requisitos básicos para ser considerada uma religião ou uma seita : Garantir, Acreditar e Converter.

As religiões garantem salvação. A ideologia que rege a Maçonaria não faz promessa de salvação a nenhum iniciado ou profano. As religiões acreditam em uma teologia específica. A ideologia que rege a Maçonaria não acredita em uma teologia específica, pelo contrário, congrega todas as identidades teológicas definitivas como Deus, Buda, Alá, Jesus, etc, em termos abrangentes como Grande Arquiteto do Universo ou ainda Supremo Arquiteto do Universo. E é isso que possibilita a união e o convívio harmonioso entre irmãos maçons de crenças diferentes.

G e simbolos religiao colorido

Qual o objetivo da Maçonaria?

ferramentas macaonaria

Cada Mestre maçom regular ao ser questionado qual seria o objetivo da Maçonaria, provavelmente teria uma resposta objetiva, ao questionamento que lhe é imposto, diversa ao de outro irmão iniciado. Isto é explicado, pois sendo a Ordem uma instituição universal muito antiga, seus rituais a operam de modo ligeiramente diverso ao redor do universo, refletindo assim as diferentes fontes do conhecimento objetivo o qual incorporaram ou foram influenciadas no decorrer dos tempos.

Entretanto, podemos afirmar com segurança que cada resposta que um Mestre Maçom oferecerá quanto aos objetivos da Ordem, estará sempre em consoância com a afirmação subjetiva maior de que a Maçonaria é uma escola ideológica, e não uma religião, que tem como objetivos permanentes a busca da libertação do espírito humano das ilusões que o enganam, sob o auspicio de uma Grande Força Criadora Superior, e ainda, a libertação da mente humana para que a mesma alcance suas melhores potencialidades, de modo a que o ser humano aprenda a metodologicamente ter domínio pleno sob o ato de pensar.

pedra polida

Como a Maçonaria esta organizada?

Solomon_HiramAbiff_HiramKingofTyre origem maconaria

É certo que o nome “Maçonaria” se origina do termo francês “maçon, que tem significado em português “pedreiro, porém ainda hoje há uma dificuldade em se traçar com certeza a gênese da Ordem Maçônica, pois não há um fundador oficial ou ainda uma data de fundação registrada oficialmente. Há indícios que a Irmandade surgiu na Idade Média, com raízes inspiradas na mitologia Egípcia, numa época de grandes construções em pedra (como castelos e catedrais), a partir de uma espécie de embrião dos sindicatos atuais: as chamadas corporações de ofício. Nelas se reuniam à época os trabalhadores medievais – como pedreiros, alfaiates, sapateiros e ferreiros, que guardavam suas técnicas de trabalho entre si, de modo reservado.

Entretanto a Maçonaria como é conhecida e estruturada atualmente, se organizou a partir do dia do solstício de verão do ano de 1717, quando por um grupo de Mestres Maçons de Londres há a instalação do inglês Anthony Sayer como Grão-Mestre da Grande Loja Unida da Inglaterra (UGLE – United Grand Lodge of England), fundando-se então a autoridade maçônica mais antiga do mundo e atualmente a que exerce papel principal na organização da Ordem Maçônica mundial.

freemasons hall

Quem são os Maçons?

Origem dos Maçons

As origens dos maçons se misturam com as da própria sociedade ocidental. Segundo Augusto Franklin Ribeiro de Magalhães, no livro Simbologia Maçônica, o primeiro registro de uma sociedade incipiente nos moldes da maçonaria data do ano de 704 A.C, quando o rei de Roma Numa Pompílio criou um sistema de colégios de artesãos com a liderança de sábios gregos. Tais colégios seguiam um regimento especial e celebravam reuniões (Logias) a portas fechadas, próximas aos locais de trabalho, com a hierarquia dividida em três grupos: Aprendizes, Companheiros e Mestres (mais tarde, Grão-Mestres).

maconaria operativa origem maconaria

Lealdade dos Maçons

Seus membros eram obrigados por juramento a proteger os segredos coletivos e a se ajudarem mutuamente. Reconheciam-se através de gestos e palavras que só eles poderiam identificar – o que, além de favorecer a segurança, garantia exclusividade no mercado. Uma prática que chegou intocada até os dias de hoje. O sigilo não dizia respeito à organização, mas ao próprio ofício em especial. Era tido como muito sério o conhecimento de construção dos muros, arcádias, alicerces e cúpulas, algo de que dependia a própria defesa das cidades na eventualidade de invasões. Especialmente, a principal preocupação era garantir ocupação para todos os integrantes, mesmo em períodos de pouca demanda por edificações.

maconaria operativa gravura

Iniciação

O instrumento que permite um ser humano ser considerado e identificado como um maçom, é sem dúvida a Iniciação. A maçonaria é uma escola iniciática, e assim sendo, é através uma cerimônia ritualística própria que um individuo é transformado em um maçom.
É uma um transformação sem volta, pois se considera a Iniciação Maçonica um ritual de renascimento, de transformação; onde o homem antes ignorante dos segredos da Ordem Maçônica Universal, e por isso denominado “profano”, é recebido sob a luz da maçonaria com o objetivo de o despertar e o instruir continuamente em conhecimentos que o elevarão moralmente e espiritualmente.
Assim como no mito da caverna de Platão, onde após se enxergar um mundo fora da caverna, não há como retornar as crenças em ruídos e sombras, um maçom nunca retorna ao seu status de profano, pois mesmo que se afaste da Ordem, deixou de ser um ignorante de sua luz.

inicacao site

Indentificação

Apesar do que se muito se fala sobre a Maçonaria ser uma seita secreta, atualmente em um giro por qualquer rua de uma cidade qualquer podemos encontrar Maçons devidamente identificados pelos seus anéis, adesivos nos carros, camisas, e até uma série no Netflix em que o título em português  é:      “ Maçonaria: Segredos Revelados ”; evidenciando assim que a Ordem Maçônica é uma Irmandade que atualmente esta longe de ser secreta, no máximo pode ser considerada uma Irmandade com segredos, assim como várias outras.

freemansos segredos revelados netflix

Mitos e Verdades

Os critérios que permitem um profano ser iniciado na Maçonaria estão longe de avaliar sua riqueza, sua ideologia política, sua profissão ou seu “poder” perante a sociedade.
E embora amplamente difundidas pelos diversos canais da internet por pessoas que ignoram completamente a instituição Maçonaria e seus membros, afirmações como : “ Os maçons tem pacto com diabo”, “Todos que entram para a maçonaria ficam ricos”, “Os maçons fazem sacrifícios de bodes em seus rituais”, “Todas as decisões da politica mundial são resolvidas nos templos da maçonaria”.
Todas estas “teorias”, não passam de fantasia, pois os maçons são pessoas comuns, crentes a uma força criadora positiva a qual se referenciam como Grande Arquiteto do Universo ou Supremo Arquiteto do Universo. 
Existem maçons  influentes e ricos na Ordem ? Existem. Mas também existem maçons que não o são, e estes são os que compõem a maioria das fileiras da Ordem Maçonica.

 

foto_pejorativa_maconaria_sepia

O que os maçons fazem em suas reuniões fechadas?

planta templo emulacao

As reuniões se dão em salas, que denominamos de “templos” e que seguem um layout arquitetônico muito semelhante ao redor de todo universo, mas com diferenças peculiares ao ritual maçônico a qual cada loja optou em operar seus trabalhos.

Uma reunião típica acontece assim: Salvo em as ocasiões em que o Grão Mestre da Potência Maçônica ( exemplo Grande Loja Maçônica do Rio de Janeiro) a qual a loja é filiada estiver pessoalmente presente, que neste caso tem a prerrogativa de comandar a sessão, uma sessão maçônica regular estará sempre ao comando do Venerável Mestre da Loja a qual é realizada.

Funciona assim: A porta se fecha. No interior da loja, os integrantes já estão reunidos em seus respectivos lugares determinados pelo ritual o qual vai nortear os trabalhos. Então cabe ao maçom revestido pelo cargo de Primeiro Vigilante a tarefa de se certificar junto maçom revestido ao cargo de Guarda do Templo que apenas “irmãos” estejam presentes. Estando somente maçons presentes, iniciam-se os trabalhos seguindo a ritualística escolhida previamente pela Loja. Então, são discutidos assuntos diversos que vão de leis e atos internos a Ordem à assuntos e estudos de reflexão sobre a sociedade em geral, e que foram previamente pautados pela ordem do dia.

sessao-ugle
Abertura Porta Grand Temple UGLE recortada

O que se debate durante a os trabalhos fica “a coberto”, jargão interno que usado para assegurar a integridade dos segredos (basicamente sinais e símbolos) e do que foi falado na ocasião.

Este ritual de operação de uma sessão maçônica pode variar um pouco de uma loja para outra, mas todas mundialmente seguem princípios semelhantes comuns muito antigos, oriundos na origem da Ordem.

Em suma, podemos concluir que retirando o fato que a reunião opera-se sob um ritual que invariavelmente estará a Luz da Ordem Maçonica Regular, não há nada muito discrepante se compararmos a uma reunião de uma associação formal de pessoas, como a de uma assembleia condominial,  ou uma reunião de uma confraria, uma reunião de uma associação de moradores  ou ainda reunião formal de alguma associação de pessoas com objetivo filantrópico geral.